MENU
PTEN
Trienal de Arquitectura de Lisboa
Equipa
Ricardo Gomes, James Bae Staff: Sara Cálem, Ruggero Agnolutto, Virna Koutla, Rebecca Billi
Website
Zona
A
Informação adicional

KWY.studio

Travessa do Conde de Avintes 1
1100-155 Lisboa 

info@kwy.studio
+ 351914578042

KWY.studio
Blegdamsvej 6
2200 Copenhagen
Denmark
+45 50568994

The Bridge. Den Frie, Copenhaga, 2014 KWY.studio (Ben Allen, James Bae e Ricardo Gomes) Foto: Lior Zilberstein

KWY

KWY.studio é uma plataforma multidisciplinar que investiga a natureza da colaboração no contexto de projectos específicos. Fundado em 2009 pelos arquitectos Ben Allen e Ricardo Gomes em Berlim e pelo curador James Bae em Los Angeles, desde 2015 KWY tem o seu estúdio no pólo criativo da Trienal de Arquitectura de Lisboa e um pequeno escritório em Copenhaga.

Os projectos KWY.studio são colaborações entre os fundadores e especialistas convidados. Colaborações recentes incluem artistas, escritores, curadores e designers. Sem preconceitos iniciais, cada projeto tem o seu início com o diálogo e análise entre os diversos colaboradores. Esta metodologia processual conduz frequentemente a pensamentos inovadores e de outra forma inesperados.

Mira

Terceira, Portugal, 2017
Walk&Talk: Circuito de Arte Pública
KWY.studio (Ricardo Gomes com Ruggero Agnolutto, Daniel López e Mayuri Paranthahan)

Localizada cuidadosamente com vista para a baía de Angra, Mira sugere uma perspectiva distinta sobre a cidade e o mar. Mira reflecte a silhueta de uma “burra de milho”, mas é mais complexa na sua forma – o seu ápice roda em direcção à base definindo uma superfície parabolóide hiperbólica que protege um palco no lado virado para terra; o outro lado suporta um pequeno anfiteatro com ampla vista sobre o oceano.

Waste Water Fountain

Emscher, Alemanha, 2016
SUPERFLEX em colaboração com KWY.studio (Ricardo Gomes com Luise Marter)

Waste Water Fountain é composta por três bacias octogonais montadas sobre uma plataforma flutuante e alimentadas por bombas de grande capacidade: juntas criam um efeito semelhante ao de uma cascata de aerador, processo comum no tratamento de águas e capaz de oxigenar o rio de Emscher enquanto enfatiza o facto de ainda se encontrar um canal de águas residuais a céu aberto e não oculto no subsolo na Europa Ocidental.

Sømærke

Aarhus, Dinamarca, 2015 / Cottesloe, Austrália, 2016
KWY.studio (Ricardo Gomes com Luise Marter) em colaboração com Lise Kassow

Sømærke é uma escultura que funciona como uma referência visual, um abrigo e um local para observar a paisagem, oferecendo pontos de vistas sobre a costa de Aarhus e criando um local para a reflexão e contemplação. A forma da escultura enquadra a paisagem, possibilita ao observador uma relação próxima com a envolvente natural e com o movimento solar num jogo constante de luz e sombra.