Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© INCM
© INCM

Casa da Moeda

  • Autores Originais:
  • Jorge Segurado
  • (1941)

Reservas Esgotadas

Uma das grandes obras representativas do regime do Estado Novo, ainda hoje em actividade, esta instituição está situada na regularidade das avenidas de inspiração parisiense, ocupando um quarteirão inteiro sem prejuízo para a sua consistência arquitectónica. É composto por dois corpos programaticamente diferenciados: administração e oficinas, com comunicação interna entre ambas. A sua construção decidiu-se na primeira fase do Estado Novo, sob o mandato do ministro Duarte Pacheco, tendo começado a laborar em 1941. Trata-se de um exemplar da arquitectura de Jorge Segurado onde os ensaios sobre o léxico modernista se multiplicam até ao pormenor. Fica na mente daqueles que o visitam as fachadas ritmadas com sequências de pilares a “meia esquadria”, o revestimento num belíssimo azulejo verde, bem como os detalhes da entrada principal. Em 2012, foi classificado como Monumento de Interesse Público.

Morada
Avenida António José de Almeida, 42
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 720, 742, 767
Metro: Saldanha

Tipologia
Equipamentos

Fotografia
Não é permitido fotografar

Sábado 10h–12h / 14h–17h

Por especialista
1 visita por hora por Guias da Casa da Moeda*
*Maiores de 10 anos

Lotação
Máximo 20 pessoas

Animação de Carregamento