Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© Rui Pinheiro

Edifício Manifesto

  • Intervenções:
  • Artéria
  • (2012 reabilitação)

Ocupação prevista: BaixaOcupação prevista: Baixa

Hoje Casa Comunitária da Mouraria, este lugar que se assumiu como manifesto em forma de edifício nasceu há cerca de 8 anos. Um modelo de reabilitação integrado, um manifesto pela reabilitação efectiva e sustentável dos bairros históricos de Lisboa. Este foi o desafio assumido entre o atelier Artéria e a Associação Renovar a Mouraria: reabilitar um edifício que tinha como objectivo transformar-se na Casa Comunitária da Mouraria, um equipamento para a população, transformado o processo de obra, e tudo o que envolve, num manifesto pela reabilitação urbana. Hoje, é um espaço que serve de casa à Associação Renovar a Mouraria que centraliza aqui a sua acção no bairro e na cidade. Trabalha em torno de três eixos principais – a dinamização cultural e artística, a dinamização de serviços gratuitos de apoio comunitário, e o empreendedorismo e inovação social. Neste espaço prestam-se serviços tais como o Gabinete da Cidadania, o apoio ao estudo para crianças e jovens dos 6 aos 18 anos, aulas de português e alfabetização para migrantes, entre muitos outros.

Morada
Beco do Rosendo, 8-10
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 12E, 15E, 25E, 774
Metro: Martim Moniz

Tipologia
Equipamentos

Fotografia
Permitido fotografar

Sábado e Domingo 14h–17h30

Por voluntário
Cada 30 minutos*
*excepto quando existe visita por especialista

Por especialista
Sábado às 14h e às 14h30 por Lucinda Correia; às 15h por Filipa Bolotinha

Lotação
Máximo 20 pessoas

Animação de Carregamento