Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa

Embaixada da Noruega

  • Autores Originais:
  • José Alexandre Gomes Bastos
  • (1952)

Reservas Esgotadas

Numa altura em que um grande número de moradias são construídas no bairro do Restelo, alguns arquitectos dedicam-se com grande empenho a estes projectos. É o caso de Gomes Bastos, que no período do início dos anos 1950 teria cerca de dez moradias, muitas delas situadas neste bairro. Nesta casa, a actual Embaixada da Noruega (desde 1977), o arquitecto reconhece um habitar moderno numa construção mista entre o betão armado e a pedra, que alivia a ideia do moderno com a introdução de elementos mais tradicionais. Evidenciam-se a elevação da casa em relação ao piso térreo libertando o jardim e a abertura de amplas varandas de estar sobre a vista a Sul, bem como o terraço ao gosto do “toit terrasse” da Villa Savoye de relação ampla entre o interior, o exterior protegido e a vista ampla. Em 1952, a casa foi obra finalista do Prémio Municipal.

Morada
Av. Dom Vasco da Gama, 1
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 751, 723

Tipologia
Equipamentos

Fotografia
Não é permitido fotografar

Sábado 14h e 15h

Por voluntário
15h

Por especialista
14h por Patrícia Bento d'Almeida e Michel Toussaint

Acessíveis
.

Lotação
Máximo 15 pessoas

Animação de Carregamento