Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© Hugo David
© Museu da Água – EPAL

Galeria Subterrânea do Loreto – Museu da Água

  • Autores Originais:
  • Carlos Mardel
  • (1746)

Fora do Roteiro Actual

Uma das cinco galerias que integravam o sistema do Aqueduto das Águas Livres, é uma das poucas que restam em bom estado de conservação. A sua extensão de 2835 metros totalmente enterrados incluía todos os ramais, abastecendo alguns estabelecimentos públicos como Imprensa Nacional, Passeio Público, Misericórdia, recolhimento e passeio de S. Pedro de Alcântara, e o Quartel da Guarda Municipal do Carmo, bem como chafarizes como São Pedro de Alcântara, Século, Praça da Alegria, Carmo e Loreto. É um espaço singular, construído logo a partir de 1746, que se inicia na Casa do Registo, ao lado do Reservatório da Mãe d’Água das Amoreiras, terminando no largo do Directório, junto ao Teatro de São Carlos. As suas boas características de conservação, possibilitam que a nossa imaginação intua ou reconstrua o enorme conjunto original.

#Ruína #Edifício

Morada
Praça das Amoreiras, 10
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 19B, 24E, 711, 713, 720, 723, 727, 738, 758, 773, 774
Metro: Rato

Tipologia
Infra-estruturas

Fotografia
Permitido fotografar

Favoritos
Animação de Carregamento