Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© Bruno Queimado Rosa
© Bruno Queimado Rosa
© Bruno Queimado Rosa

Igreja de Nossa Senhora da Assunção

  • Autores Originais:
  • Nuno Teotónio Pereira
  • (1967)

Inaugurada em 1969, é uma referência na arquitectura modernista portuguesa e uma das igrejas do Movimento de Renovação de Arte Religiosa. A obra mostra um notável sentido de integração no jardim público contíguo e, ao concentrar a construção na sua periferia, debruça-se sobre o mesmo, definindo no sentido oposto as frentes de rua. O corpo da igreja ocupa um ponto mais alto, recuperando o adro formalizado num extenso terraço que assenta sobre o salão paroquial. É uma das primeiras igrejas projectadas segundo os princípios do Concílio do Vaticano II, adoptando uma nova organização do presbitério mais próxima dos fiéis. O edifício é formado por nave e transepto, de planta em polígono irregular de base octogonal, englobando o centro paroquial e suas dependências. O betão determina o processo construtivo: estrutura e paramentos em betão descofrado, enquadrando panos de alvenaria, remates e pavimentos na generalidade em elementos de betão pré-fabricado.

Morada
Avenida Dom João I, 1, Almada
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 160
Metro: Cacilhas (barco)

Tipologia
Equipamentos

Fotografia
Permitido fotografar

Sábado, 10h-16h

Por voluntário
cada 30 minutos

Lotação
10

Favoritos
Animação de Carregamento