Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© Rui Cavaleiro
© Rui Cavaleiro

Igreja do Sagrado Coração de Jesus

  • Autores Originais:
  • Nuno Portas ,
  • Nuno Teotónio Pereira ,
  • Pedro Vieira de Almeida ,
  • e outros
  • (1970)

Ocupação prevista: BaixaOcupação prevista: Baixa

Integrada na malha regular das Avenidas Novas, esta igreja faz parte de um grande complexo paroquial, que passa despercebido mesmo ao cidadão mais atento. A rua que a atravessa cria um inesperado espaço público, deixando de lado a tradicional monumentalidade e convidando à entrada e ao convívio. Rompendo com a tradição religiosa, os arquitectos recuperaram o modelo de igreja romana primitiva, reforçando a relação entre o espaço religioso e a comunidade envolvente, levada ao limite pelo carácter despojado e urbano que o betão aparente lhe confere. Refinadamente trabalhada em termos de espaço, detalhes, e luz, esta igreja é surpreendente para quem entra no seu interior e se depara com a sua volumétrica monumental. Este edifício é um exemplo fundamental do Movimento para a Renovação da Arte Religiosa (MRAR), que juntou vários artistas e arquitectos na requalificação da arquitectura religiosa. Em 1975, é-lhe atribuído o Prémio Valmor, e é Monumento Nacional desde 2010.

Morada
Rua Camilo Castelo Branco, 4
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 706, 712, 720, 723, 753, 774
Metro: Marquês de Pombal

Tipologia
Equipamentos

Fotografia
Permitido fotografar

Sábado 10h–12h30 Domingo 15h–17h (Visitas Livres)

Por voluntário
Cada 30 minutos*
*excepto quando existe visita por especialista

Por especialista
Sábado às 11h30 e Domingo às 16h por Cátia Santana

Lotação
Máximo 30 pessoas

Animação de Carregamento