Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© INCM
© INCM

Imprensa Nacional

  • Autores Originais:
  • Domingos Parente da Silva
  • (1913)

Reservas Esgotadas

O edifício foi construído no antigo Solar dos Soares e Noronha, e adaptado, em 1769, a Impressão Régia, mais tarde designada Imprensa Nacional. A preferência dada a este solar do século XVI é devida às dimensões e estrutura adequadas à nova função e ao facto de se localizar numa zona menos afectada no Terramoto de 1755. Possuindo três corpos rectangulares ligados em forma de “U”, esta vasta propriedade estendia-se até ao Largo do Rato. Em 1895, o velho edifício, considerado inadequado para as necessidades de um estabelecimento fabril, começou a ser demolido, para dar lugar ao actual. A obra foi concluída em 1913, no entanto o projecto original sofreu alterações pelos engenheiros Vítor Gomes Encarnação, Veiga da Cunha e António Luís Ramos. O edifício é composto por quatro grandes corpos interligados por escadas, corredores cobertos e galerias, encontrando-se os dois centrais unidos pelo anexo que se levantou entre eles. A fachada principal é rasgada por grandes janelas e possui um portal encimado por um frontão circular, interpretação da arquitectura pombalina.

Morada
Rua da Escola Politécnica, 135
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 720, 727, 738, 758, 773
Metro: Rato

Tipologia
Equipamentos

Fotografia
Não é permitido fotografar

Sábado 10h–12h / 14h–17h

Por especialista
1 visita por hora por Guias da Imprensa Nacional*
*Maiores de 6 anos

Lotação
Máximo 20 pessoas

Animação de Carregamento