Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
©LNEC
© LNEC
© LNEC

LNEC - Laboratório Nacional de Engenharia Civil

  • Autores Originais:
  • Vários autores
  • (1952)

Reservas Esgotadas

Inaugurado em 1952, o Campus do LNEC estende-se ao longo de 22 hectares, desde a Avenida do Brasil até à 2ª Circular. O Edifício Arantes e Oliveira (1952) é da autoria de Pardal Monteiro e apresenta um monumentalismo sóbrio numa tecnologia avançada em betão e alvenaria. O Edifício Calouste Gulbenkian (1962) é da autoria de Januário Godinho e João Andersen e é composto por 3 volumes de forte relação entre eles e com o exterior. O Edifício do Centro de Convívio (1966) é igualmente da autoria de Godinho e Andersen, e tem alojamento para investigadores estrangeiros e serviço de refeições. O Edifício Manuel Rocha (1972) de Manuel Norberto Corrêa e José Gabriel Pinto Coelho abarca a área de congressos, reuniões e exposições e possui mobiliário de Daciano da Costa. Os jardins, da autoria de Gonçalo Ribeiro Telles e Fernão Vaz Pinto, e todo o conjunto mantêm em grande medida as características originais. Em 2012, o campus do LNEC foi classificado como Monumento de Interesse Público.

Morada
Av. do Brasil, 101
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 717, 731, 750, 783
Metro: Alvalade

Tipologia
Equipamentos

Fotografia
Permitido fotografar

Por voluntário
Domingo 10h e 12h*
*cada visita tem a duração de 90 minutos

Lotação
Máximo 25 pessoas

Animação de Carregamento