Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© Pedro Machado
© Pedro Machado
© Fernando Mendes

LX Factory

  • Autores Originais:
  • João Pires da Fonte
  • (1849)

  • Intervenções:
  • Mainside Group
  • (2008)

Ocupação prevista: BaixaOcupação prevista: Baixa

Os edifícios originais deste conjunto industrial foram os primeiros que a Companhia de Fiação e Tecidos Lisbonense construiu de raiz. O seu projecto introduziu em Lisboa o modelo inglês de fábricas incombustíveis, com fachadas de pedra e estruturas internas em ferro. No início deste século, simultaneamente ao desenvolvimento do projecto Alcântara XXI, o promotor começou a rentabilizar uma ocupação temporária deste espaço. Esta condicionante e a elevada degradação do conjunto determinaram uma abordagem essencialmente estruturante das lógicas dos futuros usos e ocupações. Modelo de área de trabalho e lazer influenciado por casos semelhantes fora do país, é sobretudo um exercício de expectativas, impressões e significados, na medida em que o projecto pressupõe a imperceptibilidade da intervenção num espaço completamente transformado. Contribuíram para esta invisibilidade/visibilidade da arquitectura o desenvolvimento progressivo do projecto; a selecção pontual das demolições, dos acabamentos e das cores; a reutilização de elementos arquitectónicos que existiam no local; e a oportunidade dada à apropriação individual. As visitas compreendem diferentes espaços deste conjunto urbano, posteriormente projectados por outros autores.

Morada
Rua Rodrigues Faria, 103
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 15E, 18E, 720, 742, 751, 756, 760

Tipologia
Comércio e Serviços

Fotografia
Permitido fotografar

Sábado 10h–20h Domingo 10h–18h (Visitas Livres)

Por voluntário
Cada 30 minutos

Por especialista
Sábado e Domingo às 14h por Equipa Lx Factory

Lotação
Máximo 20 pessoas

Favoritos
Animação de Carregamento