Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© Catarina Ribeiro
© Catarina Ribeiro
© Catarina Ribeiro

Mosteiro dos Jerónimos

  • Autores Originais:
  • Diogo de Boitaca ,
  • João de Castilho ,
  • Diogo de Torralva ,
  • Jerónimo de Ruão
  • (Séc. XVI)

Localizado na zona de Belém, cenário histórico e monumental que evoca os Descobrimentos Portugueses, este mosteiro foi mandado construir pelo rei D. Manuel I para perpetuar a memória do Infante D. Henrique e a sua devoção. Considerado obra prima da arquitectura portuguesa do século XVI, está não só classificado como Monumento Nacional, como também inscrito na lista de Património Mundial da UNESCO desde 1983. Simbolicamente ligado aos mais importantes momentos da memória nacional, o também chamado Real Mosteiro de Santa Maria de Belém evoca o apogeu do estilo Manuelino numa profusão de elementos religiosos, náuticos e régios, eternizados na pedra da qual é construído. O mosteiro, que foi ocupado pelos monges da Ordem de S. Jerónimo até ao segundo quartel do século XIX, conserva o esplendor não só da igreja como também das magníficas dependências conventuais, como o antigo refeitório dos monges e a sala da antiga livraria. Os Jerónimos são a casa que acolhe e dá sepultura a importantes figuras da História de Portugal, evocando a memória de reis a poetas. Actualmente, mais do que uma notável obra de arquitectura, é parte integrante da cultura e identidade do país.

Tipologia
Palácios e Conventos

Fotografia
Não é permitido fotografar

Favoritos
Animação de Carregamento

Lisboa ao ouvido

O Open House Lisboa 2020 é feito de oito passeios sonoros distintos. Uma edição segura, para conhecer Lisboa de forma independente e guiada por oito personalidades da cultura.

Saber Mais