Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© Gonçalo Fonseca
© Museus da Universidade de Lisboa
© Catarina Ribeiro

Observatório Astronómico de Lisboa

  • Autores Originais:
  • Jean Colson
  • (1878)

Encomendado por D. Pedro V, o Real Observatório Astronómico de Lisboa, é aquele que estabelece a hora legal oficial, em Portugal. Um magnífico exemplo de arquitectura científica, reflectiu a necessidade de se acolherem instrumentos de astronomia muito particulares, o que conferiu ao edificado um forte carácter técnico. O seu desenho — da autoria do arquitecto Jean Colson, acompanhado por José da Costa Sequeira e Valentim José Corrêa — baseia-se no desenho do Observatório de Pulkovo, na Rússia. A privilegiada geografia da sua localização relativamente a algumas observações astronómicas foi fundamental para que a obra se concretizasse. Ainda que a configuração do edifício siga o modelo de Pulkovo, é arquitectonicamente mais rico e beneficia do enquadramento especial que o contexto urbano da Tapada da Ajuda lhe confere. A sua importância científica e histórica — bem como os seus arquivo, colecção e biblioteca — é inigualável no país, tratando-se de um património científico in situ de excepcional qualidade. Classificado como Imóvel de Interesse Público em 2002, integra o MUHNAC-UL desde 2012.

Tipologia
Equipamentos

Fotografia
Não é permitido fotografar

Favoritos
Animação de Carregamento