Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© Julien Labrousse
© Julien Labrousse
© Julien Labrousse

Palácio do Grilo – Palácio dos Duques de Lafões

  • Autores Originais:
  • Eugénio dos Santos ,
  • Giovanni Carlo Bibbiena ,
  • Cirilo Volkmar Machado
  • (1760, 1760)

  • Intervenções:
  • Julien Labrousse
  • (2018)

Ocupação prevista: BaixaOcupação prevista: Baixa

Implantado numa antiga quinta, esta vastíssima propriedade rural foi continuamente explorada e intervencionada durante séculos. O palácio actual, um complexo arquitectónico setecentista de estilo predominantemente Neoclássico, foi edificado depois do terramoto de 1755. A obra assenta sobre uma quinta de verão dos duques, uma estrutura palaciana com menor escala e relevância que por sua vez assentava sobre antigas construções de apoio à produção rural, num fio temporal que se perde nas memórias do tempo. Do projecto inicial podemos encontrar o corpo principal em L com a fachada Norte voltada para a quinta e a principal para os jardins. O edifício foi sofrendo acrescentos, mas nunca se completou o plano original, ideia abandonada no início do séc. XIX, assim permanecendo até hoje. Aqui funciona um restaurante e espaço performativo que misturam arquitectura, gastronomia e teatro.

#Ruína #Vazio #Edifício

Morada
Calçada do Duque de Lafões, 1
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 75B, 718, 781, 759

Tipologia
Palácios e Conventos, Comércio e Serviços

Fotografia
Permitido fotografar

Sábado e Domingo 10h—19h (Visitas Livres)

Por voluntário
1 por hora

Por especialista
Sábado, 18h por Julien Labrousse

Lotação
20

Favoritos
Animação de Carregamento