Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
Vista geral do Palácio Menino de Ouro, onde está sediado o British Council em Lisboa

Palácio Menino de Ouro – British Council

  • Autores Originais:
  • Vários autores
  • (1887)

O palácio pertenceu ao capitalista brasileiro Luís José Seixas Fernandes, conhecido como Menino de Ouro, tendo sido vendido por volta de 1925 a Artur Virgílio Alves dos Reis, que realizou algumas obras de alteração no interior. Em 1942 é adquirido pelo British Council que, desde então, ocupa este singular palácio no Príncipe Real. A sala de música de Luís Fernandes é hoje a sala de conferências, cujos belíssimos azulejos decorativos foram feitos em França, no início do século XX, pela fábrica Sarreguemines. Os azulejos do exterior são da autoria de José António Jorge Pinto, um dos principais criadores da Arte Nova em Portugal. Em 2001 decorreram algumas obras de restauro a elementos originais desta estrutura. Actualmente encontram-se expostas 40 obras de arte, pertencentes à colecção do British Council, que são representativas dos últimos 60 anos em Portugal.

Morada
Rua de Luís Fernandes, 1-3
Obter Direcções

Tipologia
Palácios e Conventos

Fotografia
Não é permitido fotografar

Favoritos
Animação de Carregamento