Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© 2014 - nelson d'aires
© 2014 - nelson d'aires
© All Rights Reserved

Regularização dos Bairros Prodac

    Ocupação prevista: BaixaOcupação prevista: Baixa

    Uma das situações mais complexas no tecido urbano construído em Lisboa é o caso da habitação de génese informal ou ilegal, que em muitos casos ainda hoje se mantém sem resolução. Este bairro é um exemplo de resolução material e programática de um destes casos. Uma resolução feliz, no sentido em que abriu caminho a que todas as casas de ambos os bairros, mais de 2500 pessoas, vissem reconhecido o direito à propriedade de sua casa (autoconstruída entre 1972 e 1973) pela compra do terreno municipal onde se encontra implantada. Nos critérios de alienação foi tida em conta a possibilidade de muitos dos moradores não terem a necessária disponibilidade financeira, permitindo-se a compra através de um instrumento de renda resolúvel a dez anos. Esta aprovação foi memorável para todas e todos que resistiram e trabalharam aos longo dos anos no sentido de encontrar soluções e construir os procedimentos para o reconhecimento e regularização deste bairro de Lisboa.

    Morada
    Rua Pedro de Azevedo (Junto ao Parque Infantil)
    Obter Direcções

    Transportes Públicos
    Autocarro: 749, 755, 793

    Tipologia
    Habitação

    Fotografia
    Permitido fotografar

    Sábado e Domingo 10h–17h

    Por voluntário
    1 por hora*
    *excepto quando existe visita por especialista

    Por especialista
    Sábado às 10h e às 11h30 por Tiago Mota Saraiva, Miguel Ferreira e José Silva

    Acessíveis
    .

    Lotação
    Máximo 30 pessoas

    Animação de Carregamento