Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© Supremo Tribunal de Justiça
© Fábio Cunha

Supremo Tribunal de Justiça

  • Autores Originais:
  • Eugénio dos Santos
  • (Séc. XVIII)

O edifício forma o terceiro dos seis quarteirões pombalinos no lado nordeste da Praça do Comércio, construída após o terramoto de 1755 na localização do antigo Terreiro do Paço. Está inserido no complexo ministerial que funciona ao redor da praça, cuja arquitectura é caracterizada pelo ritmo conferido pela repetição das arcadas. Mouzinho da Silveira foi o grande obreiro da organização judiciária e do Supremo Tribunal de Justiça, a funcionar desde 1833 e logo instalado neste palácio. Importante salientar que ao contrário de outros ministérios e instituições públicas, o topo da organização judiciária em Portugal mantém-se há quase 200 anos no mesmo local.

Tipologia
Equipamentos

Fotografia
Não é permitido fotografar

Favoritos
Animação de Carregamento