Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© Rita Burmester

Terminal de Cruzeiros de Lisboa

  • Autores Originais:
  • Carrilho da Graça Arquitectos
  • (2017)

Na base da colina de Alfama, junto ao rio Tejo e enquadrado pelos muros da antiga doca, que ainda hoje se mantêm, encontra-se o novo Terminal de Cruzeiros de Lisboa. Ao edifício reconhece-se a escala náutica, a que Lisboa desde há séculos se habituou. Passados 75 anos da inauguração da Doca de Alcântara, o novo terminal vem actualizar os serviços de apoio aos grandes navios de passageiros e trazê-los ao centro nevrálgico do turismo da cidade. Foi motivo de reorganização de toda a zona ribeirinha entre a Praça do Comércio e Santa Apolónia, como forma de desenhar a entrada de Lisboa por mar. A proposta apresenta um edifício concebido como um volume simples e levantado do chão, respondendo ao desejo de libertar a área envolvente para o público em geral e de elevar consigo o novo espaço público, transformado num terraço/miradouro, como uma jangada de transbordo entre a água e a terra. Este novo palco ou praça da cidade reconhece um dos seus maiores potenciais, o horizonte.

Morada
Avenida Infante D. Henrique
Ponto de encontro: Entrada Edifício Novo Terminal de Cruzeiros de Lisboa
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 728, 735, 759, 794
Metro: Santa Apolónia

Tipologia
Equipamentos

Fotografia
Permitido fotografar

Favoritos
Animação de Carregamento