Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa

Santos, Príncipe Real e Campo de Ourique

Especialista: Ana Vaz Milheiro

Domingo 10h30  Percurso Urbano

Estes bairros lisboetas têm géneses distintas que se reflectem na sua morfologia urbana. O bairro de Santos tem uma componente industrial muito forte que se concretiza durante o século XIX, beneficiando também da beira rio e das actividades que aí operavam. O Príncipe Real é actualmente um dos pontos mais turísticos da cidade, mas a área é mais heterogénea do que surge nos actuais guias – convivem assim casas operárias com palacetes oitocentistas, uma arquitectura mais corrente e anónima com edifícios eclécticos e burgueses. Culmina no jardim do mesmo nome que reflecte uma Lisboa de costumes burgueses e mais cosmopolitas. Já Campo de Ourique é um bairro que mantém a sua função residencial, pontuado por uma arquitectura da primeira metade do século XX e alguns edifícios controversos, pela sua expressão tradicionalista, como a Igreja do Santo Condestável de Vasco Regaleira.

Duração
1h30

Lotação
Máximo 35 pessoas

Animação de Carregamento