MENU
PTEN
Trienal de Arquitectura de Lisboa
Edição
Participantes
Éric Lapierre, Sébastien Marot, Ambra Fabi, Giovanni Piovene, Mariabruna Fabrizi, Fosco Lucarelli, Laurent Esmilaire e Tristan Chadney.
Website
Co-Produção

Learning From Vegas © DR

Denise Scott Brown

Carreira

Denise Scott Brown é uma das vozes incontornáveis da arquitectura do Século XX. É a vencedora do Prémio Carreira Trienal de Lisboa Millennium bcp, com a distinção de excelência d’A Poética da Razão, da Trienal 2019. A sua obra e pensamento inovador continuam a ser o ponto de partida de múltiplas referências no mundo inteiro. A deliberação do júri assenta nos pilares do seu trabalho como arquitecta, professora, escritora, designer e urbanista.

Sobre

O Prémio Carreira Trienal de Lisboa Millennium bcp distingue o atelier ou pessoa no activo cujo trabalho e ideias tenham influenciado e continuem a ter um impacto profundo na prática e no pensamento arquitectónico actuais, sem colocar a ênfase no final de uma carreira, mas antes na ousadia da sua prática – acreditamos na prática consistente e de excelência, no trabalho relevante e na sua distinção.

Ao longo das suas edições, a abrangência territorial deste prémio contou com nomeadores e elementos de júri de cinco continentes, assegurando uma pluralidade de vozes e uma diversidade de origens geográficas que lhe têm conferido uma crescente credibilidade.

As figuras premiadas entre 2007 a 2022 representam uma abrangência territorial de três continentes, afirmando a pluralidade da área da arquitectura a nível mundial através de uma perspectiva abrangente tanto do ponto de vista da pluralidade de opiniões, como da diversidade de geografias. Quem vence o Prémio Carreira recebe uma obra de arte original criada por artistas nacionais de renome, o que permite um importante contributo para o reconhecimento e divulgação da excelência da produção artística nacional.

Júri

Amale Andraos
Claudia Taborda
Enrique Walker
Éric Lapierre
Kunlé Adeyemi
Momoyo Kaijima
Sharon Johnston

Nomeantes

Ana Luiza Nobre, Anastassia Smirnova, André Tavares, Ariadna Cantis, Arturo Scheidegger, Dalila Rodrigues, Deniz Ova, Emilia Giorgi, Ethel Baraona Pohl, Fabrizio Gallanti, Fernanda Fragateiro, Filipa Oliveira, Hanna Dencik Petersson, Hanna Harris, Herbert Wright, Ilka Ruby, Ivan Blasi, James Taylor-Foster, Jimenez Lai, João Belo Rodeia, Josephine Michau, Juan Coll-Barreu, Kaye Geipel, Kenneth Frampton, Leonor Cintra Gomes, Luís Santiago Baptista, Marianne Burki, Mimi Zeiger, Moisés Puente, Nathalie Weadick, Ning Ou, Pedro Baía, Ricardo Gomes, Ruzica Saric, Saimir Kristo, Taro Igarashi, Tatiana Bilbao, Tetsuo Kondo, Tim Abrahams, e Victoria Thornton