Errormessage: Trienal de Arquitectura de Lisboa - Uma Anatomia do Livro de Arquitectura
MENU
PTEN
Trienal de Arquitectura de Lisboa
Horário
19h
Website

Uma Anatomia do Livro de Arquitectura

Lançamento de livro de André Tavares

Examinar os cruzamentos entre as culturas do livro e da arquitectura expõe eixos ao longo dos quais o conhecimento circula entre páginas e edifícios e, de novo, regressa aos livros. Seja na celebração de construções específicas ou na produção de livros singulares, as páginas e a impressão são manipuladas para transmitir ideias arquitectónicas. Ao dissecar uma quantidade substancial de livros através de cinco ferramentas conceptuais – textura, superfície, ritmo, estrutura e escala – André Tavares analisa as qualidades materiais dos livros para avaliar a forma como se entrelaçam com o conhecimento da arquitectura. A história detalhada de Befreites Wohnen, de Sigfried Giedion, e as duas encarnações do Crystal Palace em Hyde Park e Sydenham, oferecem um pano de fundo que nos confronta não apenas com o desenvolvimento do livro industrializado, mas também com a sua configuração enquanto poderoso instrumento de comunicação e conhecimento. Profusamente ilustrado com exemplos da biblioteca do Canadian Centre for Architecture, o livre discute um vasto leque de autores, incluindo Vitrúvio, William Morris, Gottfried Semper, El Lissitzky, Le Corbusier, Jacques-Ignace Hittorff, Owen Jones, A. W. N. Pugin, Humphrey Repton, Sebastiano Serlio, Andrea Palladio, John Tallis, Raphael, Viollet-le-Duc, Jean-Rodolphe Perronet, Jean-Nicolas-Louis Durand e Frank Lloyd Wright.


André Tavares (Porto, 1976)


É arquitecto e, desde 2006, coordena a Dafne Editora, explorando a edição como uma forma de cultura e prática arquitectónica. Foi director do Jornal Arquitectos entre 2013 e 2015 e actualmente é comissário-geral, com Diogo Seixas Lopes, da Trienal de Arquitectura de Lisboa 2016. Publicou vários livros sobre a circulação internacional do conhecimento arquitectónico entre arquitectos portugueses, incluindo Arquitectura Antituberculose (Faup-publicações, 2005), Os Fantasmas de Serralves (Dafne, 2007), Novela Bufa do Ufanismo em Concreto (Dafne, 2009), e Duas obras de Januário Godinho (Dafne, 2012). O seu último livro The Anatomy of the Architecutral Books (Lars Müller, 2016), explora as relações cruzadas entre a história da arquitectura e do livro.