MENU
PTEN
Trienal de Arquitectura de Lisboa
Data
14 NOV 2020 - 15 NOV 2020

© Open House Taipei + Jeffrey Chen

Open House Worldwide

1º festival internacional digital

A 14 e 15 de Novembro de 2020 estreia-se a primeira edição do Festival Open House Worldwide. Um encontro digital que liga a rede das 46 cidades onde o Open House acontece, aos cidadãos e comunidades locais. Um programa intenso de debates, visitas, workshops e conversas em streaming que conta com a participação e o contributo de um conjunto alargado de especialistas que operam em arquitectura, design, planeamento urbano entre outros pensadores. Ligando diferentes continentes que compõem esta rede internacional, estes eventos convocam o público a participar para reflectir sobre o contexto actual no qual vivemos e seus desafios, nas suas diversas mais vertentes desde a habitação, crise climática, transportes como possíveis respostas para ajustar a paisagem construída num período de pós-pandemia.

Os vários participantes, que ligam Taipé a Chicago, Londres a Lagos, Lisboa a Macau, apresentam um programa em livestream ou pré-gravado, dedicado à reflexão de temas actuais. Pensamento global para desafios globais, é o mote que serve como linha orientadora encontrar soluções para os desafios contemporâneos, que têm surgido em bairros de todo o mundo. 

Este primeiro festival internacional colaborativo, que envolve as organizações que integram esta rede Open House, acontece durante 48 horas non-stop no fim-de-semana de 14 e 15 de Novembro. Um programa inédito diversificado que convoca à participação de todas as pessoas e agentes que desenham, residem e trabalham na cidade. O acesso é livre e  a partir do site do Open House Worldwide

O programa conta, desde o primeiro momento com a participação da equipa do Open House Lisboa como 13ª cidade que ,pela mão da Trienal de Arquitectura de Lisboa, integrou esta extensa rede fundada em 2010 por Victoria Thornton e agora liderada por Phineas Harper. 

Em 2017, os diferentes eventos do Open House - que acontecem em cidades tão diversas quanto Osaka, Dublin, Melbourne, Lagos, Porto e Lisboa e abrangem os cinco continentes - tiveram um total de cerca de 2 milhões de visitas e contaram com a generosidade de 17.400 pessoas como voluntárias. Gratuito, todos os eventos são principalmente orientados para quem vive nessas cidades e acontecem sempre num fim-de-semana. 

Assim, dez anos depois da fundação da rede Open House Worldwide, tornou-se pertinente e inevitável trazer ao debate estas questões em torno da urbanidade que transcendem fronteiras e fusos horários na tentativa de encontrar respostas inovadoras, quer se trate da pandemia de Covid-19 ou da actual crise climática.

O programa detalhado será anunciado em Outubro 2020.