MENU
PTEN
Trienal de Arquitectura de Lisboa

Trienal 2019 – o programa em apresentação pela Europa

Em 2018, apresentámos o programa da Trienal 2019 em dois locais: Lisboa e Veneza. Em 2019, replicamos o modelo e viajamos pela Europa, a convite de diversas instituições culturais com as quais temos vindo a colaborar, com apresentações que antecipam uma intensa semana inaugural de festa dedicada à arquitectura (3 a 5 de Outubro de 2019). 


A 1 de Abril, “A Poética da Razão” aterrou em Helsínquia para “A vida como uma festa”, um simpósio sobre curadoria e exposição em arquitectura. A conversa, moderada pelo designer Tuomas Toinoven, da New Academy, juntou Manuel Henriques, Director Adjunto da Trienal de Arquitectura de Lisboa, para falar sobre esta 5ª edição; Giovanni Piovene, co-curador da uma das exposições centrais da Trienal 2019, apresenta “Nem toda a gente pode projectar a vida como uma festa”; Markus Lähteenmäki, historiador e curador de “Planetarium”, projecto homónimo que traz à mesa redonda; Hanna Harris, directora da Archinfo e comissária do Pavilhão Finlandês da Bienal de Veneza de 2018, aborda "Projectos Nacionais"; e Mika Savela, arquitecto, co-fundador de Selim Projects e editor da revista Finnish Architectural Review com o tema “Curatorial, Editorial”.


A 6 de Abril, Manuel Henriques visitou Cork, na Irlanda, para participar no fórum “Curating Architecture”, a convite da Irish Architecture Foundation, com organização da National Sculpture Factory e da galeria Glucksman. A conferência reuniu arquitectos e curadores internacionais para discutir, explorar e imaginar o potencial de encenar arquitectura num contexto de exposição, sob o tema "Curadoria para o campo público: arquitectura como festival e envolvimento cultural" . Ao director adjunto da Trienal, juntou-se Pedro Gadanho, director do MAAT; Catherine Ince, curadora do Victoria & Albert Museum; Kieran Long, jornalista e curador em arquitectura e design; Léa-Catherine Szacka, professora de arquitectura em Manchester; e a arquitecta Veronica Valk.


A convite da Delegação Francesa da Fundação Calouste Gulbenkian, Éric Lápierre mostra, em Paris, a 22 de Maio, o conteúdo programático de “A Poética da Razão”, numa edição que pretende traduzir arquitectura numa língua comum e compreendida por todos. A terminar o roteiro pela Europa, membros da equipa curatorial reúnem-se na Fundació Mies van der Rohe, em Barcelona, em Junho.


Em retrospectiva, lembramos que, a 24 de Abril, ocupámos uma torre de escritórios em construção em Picoas, na Avenida Fontes Pereira de Melo (FPM41, de Barbas Lopes Arquitectos), para a primeira apresentação pública por José Mateus e Éric Lápierre. Em Veneza, no dia anterior à semana inaugural da Bienal de Arquitectura, dedicada ao Freespace e com curadoria de Yvonne Farrell e Shelley McNamara, fizemos um evento muito especial que combinou uma apresentação do programa Trienal 2019, com uma performance única de Thurston Moore no terraço de uma casa de momento desocupada com vista panorâmica deslumbrante para a Punta della Dogana e a Laguna di Venezia.