Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
Vista sobre a fachada do Antigo Hotel Victória
© Pedro Sadio
© Pedro Sadio
© Patrícia Marques

Antigo Hotel Vitória

  • Autores Originais:
  • Cassiano Branco
  • (1937)

Projectado para habitação, este arrojado edifício de 1936 revestido a mármore abriu como Hotel e é, actualmente, a sede do Partido Comunista Português. Com 16,5 metros de comprimento, a fachada voltada para a Avenida da Liberdade distingue-se por um sexto andar côncavo e varandas a terminar numa série de dramáticas estruturas circulares de canto sobrepostas. A composição conjuga a solidez sóbria do Modernismo com o lúdico lírico da Arte Deco. As peças de mobiliário e toda a decoração são provenientes dos “Grandes Armazéns Nascimento”, no Porto. De interiores sóbrios e requintados, os seus sumptuosos quartos chegaram a ser frequentados por espiões alemães durante a Segunda Guerra Mundial. Estas memórias permanecem hoje no imaginário de quem observa o Vitória, numa viagem pelos áureos anos 30. As vivências de charme deste edifício chegam ao fim nos anos 1960, data em que o hotel fecha portas. O edifício volta a ser ocupado em 1976 com a chegada do Partido Comunista Português.

Morada
Avenida da Liberdade, 170
Obter Direcções

Tipologia
Comércio e Serviços

Fotografia
Não é permitido fotografar

Favoritos
Animação de Carregamento

Lisboa ao ouvido

O Open House Lisboa 2020 é feito de oito passeios sonoros distintos. Uma edição segura, para conhecer Lisboa de forma independente e guiada por oito personalidades da cultura.

Saber Mais