Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© Santuario do Cristo Rei
© Santuario do Cristo Rei

Santuário de Cristo Rei

  • Autores Originais:
  • António Lino ,
  • D. Francisco de Mello e Castro ,
  • Mestre Francisco Franco
  • (1949-1959)

Visível de quase todo o estuário do Tejo, o Santuário do Cristo Rei ergue-se sobre uma colina sobranceira ao aglomerado do Pragal e constitui, de par com a Ponte 25 de Abril, uma referência incontornável da paisagem de Lisboa e Almada. Inspirado no Cristo Redentor do Rio de Janeiro, foi construído durante o Estado Novo após a Segunda Guerra Mundial, representativo do espírito do tempo. Assente sobre quatro pilares de betão unidos no topo em arco, forma um terraço na qual se insere a escultura do Cristo Rei, esculpida por Francisco Franco. O interior dos pilares e o espaço edificado entre estes, é ocupado com espaços expositivos e evocativos, um depósito de água que abastece a cidade de Almada e uma capela dedicada à Nossa Senhora da Paz. A sul, encontra-se o Centro de Acolhimento e a Capela do Rosário, desenhados por Luís Cunha, cujo vocabulário arquitectónico contrasta com a escala e austeridade do volume de betão do monumento.

(O acesso ao miradouro é exclusivo para os visitantes que fazem a visita completa no âmbito do Open House Lisboa)

 

Morada
Alto do Pragal
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 101
Metro: Metro Transportes do Sul, Pragal (comboio)

Tipologia
Equipamentos

Fotografia
Permitido fotografar

Sábado e Domingo, 11h-19h

Por voluntário
1 por hora

Lotação
16

Favoritos
Animação de Carregamento