Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa

Pavilhão do Conhecimento - Ciência Viva

  • Autores Originais:
  • Carrilho da Graça Arquitectos
  • (1999)

De início construído como Pavilhão do Conhecimento dos Mares para a Expo 98, este edifício é hoje parte integrante da Rede Nacional de Centros Ciência Viva, que conta com 20 centros de ciência distribuídos por todo o território nacional. Foi um dos pavilhões mais visitados da Exposição Mundial, e é hoje um dos poucos que mantém essa função expositiva. Foi desenhado à semelhança de um navio, em betão branco e com um espaço interior de exposição em dois pisos e um grande volume vertical, que recorda a ponte de um barco. À entrada, desenha-se uma suave rampa que confere a institucionalidade ao edifício, enquanto a madeira dos tectos exteriores lhe reconhece a manualidade da construção naval. É Prémio Valmor em 1998, ex-aequo com o Pavilhão de Portugal, na mesma área, e é prémio FAD 1999.

Morada
Largo José Mariano Gago, 1
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 400, 728
Metro: Oriente

Tipologia
Equipamentos

Fotografia
Permitido fotografar

Favoritos
Animação de Carregamento