Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© FBAUL
© FBAUL

Convento de São Francisco

  • Autores Originais:
  • - / João Castilho / Custódio Vieira
  • (1212/ Séc. XVI / Séc. XVIII)

Fundado em 1217 por Frei Zacarias, este edifício de estrutura conventual teve autorização régia de D. Afonso II, sofrendo transformações, ampliações, reconstruções, e sobrevivendo a dois incêndios e ao terramoto de 1755. A sua ocupação já lhe conferiu múltiplos usos, entre os quais convento, hospital, quartel e até biblioteca. Actualmente, este complexo edificado é constituído pelos corpos do Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado, da Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e da Academia Nacional de Belas Artes. Com planta irregular, este edifício de quatro pisos tem os seus corpos organizados em torno de dois claustros rectangulares e três pátios, onde os corredores e as salas indiciam vestígios das antigas celas. Se para o Largo da Academia de Belas Artes se distingue a fachada ritmada pela métrica regular dos vãos, já a fachada oposta surge como uma espécie de muro vazado por óculos que espreitam para a Rua Serpa Pinto. Destacam-se as quatro esculturas seiscentistas que figuram no pátio da cisterna, bem como a azulejaria. As escadarias principais conservam os lambris de azulejos rococós decorados com figuras geométricas e florais.

Morada
Largo da Academia Nacional de Belas-Artes
Obter Direcções

Tipologia
Palácios e Conventos, Equipamentos

Fotografia
Não é permitido fotografar

Favoritos
Animação de Carregamento

Lisboa ao ouvido

O Open House Lisboa 2020 é feito de oito passeios sonoros distintos. Uma edição segura, para conhecer Lisboa de forma independente e guiada por oito personalidades da cultura.

Saber Mais