Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
Vista da fachada da Fundação Calouste Gulbenkian

Fundação Calouste Gulbenkian

  • Autores Originais:
  • Alberto José Pessoa ,
  • Pedro Cid ,
  • Ruy d’Athouguia
  • (1969 Edifício Sede)

  • Intervenções:
  • António Viana Barreto
  • (1969, 1975 Jardim)
  • Gonçalo Ribeiro Telles
  • (1969, 2012 Jardim)
  • Sir Leslie Martin
  • (1983 Edifício Colecção Moderna)

Fora do Roteiro Actual

Os edifícios da Fundação Calouste Gulbenkian são uma obra notável resultante de um rigoroso trabalho interdisciplinar, referência ímpar no Movimento Modernista português, assente num estreito diálogo entre as disciplinas de Arquitectura e Arquitectura Paisagista. O edifício foi distinguido com o Prémio Valmor em 1975 e classificado Monumento Nacional em 2010. O parque extravasa os limites do edificado, participando na construção dos vários lugares que constituem o seu interior numa clara dicotomia entre a humanidade e a natureza, com base em princípios inovadores como o sistema de construção do lago sob o edifício ou a criação artificial do ecossistema húmido. O jardim público será estendido para sul, a par da intervenção no Centro de Arte Moderna.

Morada
Avenida de Berna, 45A
Obter Direcções

Transportes Públicos
Autocarro: 716, 726, 746, 756
Metro: São Sebastião

Tipologia
Equipamentos

Acessibilidade
Parcial

Fotografia
Permitido fotografar

Favoritos
Animação de Carregamento