Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© FG+SG
© FG+SG
© FG+SG

Apartamento em Campo de Ourique

  • Intervenções:
  • João Favila
  • (2013 reabilitação)

Construída num quarteirão encostado a um longo quartel do século XVIII, esta habitação unifamiliar veio substituir um tradicional edifício de fachada principal e traseiras. O projecto de intervenção nasce da relação alterada entre a rua e o logradouro, premissa que se assumiu como potencial transformador para um novo habitar. Aqui se retoma o logradouro, grande tema da cidade de Lisboa, redescobrindo o seu potencial enquanto configuração que permite melhorar a qualidade do interior dos bairros. Recriando este espaço singular da casa, o logradouro é dignificado pela sua centralidade e potencial paisagístico, tornando-se o elemento responsável pela organização inversa com que se desenharam os espaços interiores. A norte, o apartamento fecha-se para a rua e o desenho dos espaços interiores de circulação faz-se através do trabalho de luz zenital. A sul, um conjunto de áreas sociais abre-se para o logradouro, tirando partido deste espaço permeável e central, com acabamentos que respiram, dando ambiência ao espaço interior. Superfícies de paredes de reboco branco dialogam com a espessura maciça do mármore de Estremoz, contrastando com a madeira de sucupira que excepcionalmente configura a sala, onde o vão rasgado que comunica para o logradouro desenha uma atmosfera orgânica. Ao nível paisagístico as arquitectas Filipa Cardoso de Menezes e Catarina Assis Pacheco conferiram privacidade ao piso térreo da casa, providenciando ervas aromáticas e temperos para culinária, numa procura para filtrar a entrada de luz no interior através das plantações cuidadosamente escolhidas.

Morada
Travessa de São Caetano, 3
Obter Direcções

Tipologia
Habitação

Fotografia
Não é permitido fotografar

Favoritos
Animação de Carregamento