Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© INSF
© INSF

Igreja de Nossa Senhora do Rosário de Fátima

  • Autores Originais:
  • Porfírio Pardal Monteiro
  • (1938)
Fora do Roteiro Actual

Esta foi a primeira igreja do Movimento Moderno da arquitectura em Portugal — um projecto do arquitecto Pardal Monteiro que desafiou os códigos tradicionais revivalistas. Inscrita na malha urbana das Avenidas Novas, a sua linguagem configura um volume proporcionado — embora assimétrico — com o corpo principal da igreja, alinhado pelo eixo da avenida, finalizando o ângulo visual. Assinala o início de uma nova época na arquitectura religiosa, adoptando uma expressão litúrgica e arquitectónica renovada, na cidade. Graças à minúcia e cuidado do seu projecto, a par do valioso contributo da equipa de artistas responsável pela iconografia religiosa, tornou-se num dos edifícios mais qualificados da arte moderna nacional. Destacam-se os vitrais e mosaicos atribuídos a Almada Negreiros, as esculturas de Francisco Franco e Leopoldo de Almeida, e as pinturas de Lino António. Em 1938, ano da sua inauguração, foi-lhe atribuído o Prémio Valmor.

Morada
Avenida Marquês de Tomar
Obter Direcções

Tipologia
Equipamentos

Fotografia
Não é permitido fotografar

Favoritos
Animação de Carregamento