Saltar para o conteúdo principal
Trienal de Arquitectura de Lisboa
© Manuel Paradiz
© Vanessa Ribeiro

Casa-Atelier Casca

  • Intervenções:
  • Casca
  • (2011)

O grande desafio deste projecto prende-se com a localização em plena Encarnação, num dos bairros de casas económicas construído durante o Estado Novo na década de 40, traduzindo-se numa tipologia de habitação que implementa um modelo de casas geminadas unifamiliares. Invocando os fundamentos do conceito de Cidade-Jardim, não deixam de ser inequívocos os estereótipos da clássica Casa Portuguesa. Este projecto de reabilitação assume o desafio de reinterpretar um modelo de habitação repleto de sinais da história nacional, oferecendo uma resposta que evidencia o contraste entre o pré-existente e uma nova construção. Aqui, opta-se pela ampliação da casa através da construção de um monólito de betão que se vai desdobrando em jardins e pátios, a diferentes níveis, tornando a vegetação num dos elementos preponderantes nos espaços interiores. O projecto não só gera esses novos espaços, como também estimula a sua vivência enquanto Casa-Jardim. Esta Casa Atelier é um desafio vencido no que concerne à preservação das características identitárias de uma tipologia particular, enquanto afirma simultaneamente um gesto de contemporaneidade como oportunidade para acrescentar novas possibilidades, aproximando-a às vivências do tempo actual.

Morada
Bairro da Encarnação, Rua do Poço Coberto, 40
Obter Direcções

Tipologia
Habitação

Fotografia
Não é permitido fotografar

Favoritos
Animação de Carregamento

Lisboa ao ouvido

O Open House Lisboa 2020 é feito de oito passeios sonoros distintos. Uma edição segura, para conhecer Lisboa de forma independente e guiada por oito personalidades da cultura.

Saber Mais